Oficina de produção de vídeos para artistas abre a programação da Mostra de Palhaçaria Cibernética

 

Oficina de produção de vídeos para artistas abre a programação da Mostra de Palhaçaria Cibernética

 

A atividade online antecede nove dias de apresentações, nas redes sociais, de seis grupos e de nove artistas independentes de sete cidades do RS

 

No dia 15 de maio (sábado), a Quimera Criações Artísticas abre a programação do Curto-Circuito – Mostra de Palhaçaria Cibernética, com uma oficina de criação de vídeos curta-metragem. Em tempos de pandemia, a atividade nasce com o intuito de estimular a produção independente de conteúdo digital para artistas de diversos setores e outros públicos. O encontro gratuito inicia às 16h, pela plataforma ZOOM, com tradução em Libras e tem 1h30 de duração. As vagas são limitadas, e as inscrições devem ser feitas pelo palhacariacibernetica@gmail.com.

 

Ministrada por Walter Diehl, a oficina abordará, de forma básica e geral, os aspectos técnicos para a produção de vídeos curtos, com dicas, truques e informações sobre equipamentos, programas e a organização necessária para iniciar na área dos projetos audiovisuais. “O enfoque é a utilização de recursos acessíveis aos participantes, levando-se em conta o contexto de pandemia e a dificuldade de realizar produções complexas, mas também indica o uso de alguns recursos profissionais como referência”, destaca Diehl.

 

Designer visual, editor de vídeos e motion designer freelancer, Walter Diehl também atua como ator, performer e artista circense. Pesquisa o universo do clown desde 2005 e desenvolve o Palhaço Nenusko desde 2006, produzindo, mais recentemente, vídeos do seu clown para a internet.

 

Palhaçaria Cibernética
No dia 24 de julho estreia a Mostra de Palhaçaria Cibernética. Realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/2, por meio do Edital Criação e Formação Diversidade das Culturas, o evento visa o fomento à pesquisa e à produção cultural de alguns dos mais influentes palhaços de diferentes gerações atuantes no Rio Grande do Sul e áreas de atuação: circo, teatro, arte de rua, hospital, mímica e dança.

 

Durante nove dias, serão disponibilizados 20 vídeos de curta-metragem no Instagram e Youtube da Quimera, além de drops com curiosidades sobre a palhaçaria. Além da trupe Quimera Criações Artísticas, compõe o elenco o Grupo Ueba (Caxias do Sul), Circo Híbrido (POA), Grupo TIA (Canoas), Cia de Palhaços Clowncando (Santa Maria), Míriam Torres (Trupe Pé de Palhaço – Canela), Paulo Stümer (Circo Jardim – Novo Hamburgo), Walter Diehl (São Leopoldo), Tuta Camargo, Larissa Sanguiné, Eveliana Marques Ekin, Carollini Marafigo, Márcio de Lima e Heinz Limaverde (Porto Alegre), e a participação especial da Cia H de Dança.

 

O projeto foi concebido por Diehl e pelo dramaturgo, ator, diretor e palhaço Jéferson Rachewsky. Em 2014, Rachewsky recebeu o Prêmio Tibicuera de Melhor Ator Coadjuvante, por “As Aventuras do Pequeno Príncipe”. Pela Quimera Criações Artísticas, recebeu nove indicações ao Tibicuera e oito ao Prêmio Açorianos. Desde 1995, ministra oficinas de técnicas circenses, de palhaçaria e de comicidade física em diversos estados brasileiros. A Mostra de Palhaçaria Cibernética tem a produção de Luka Ibarra.

 

Crédito da foto: ©Carolina Loch

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn