Sobre o Evento

Aumento da violência doméstica na pandemia é tema de live do CHC Santa Casa

 

O isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19, ao longo de 2020 e agora, também neste ano, afetou a vida de milhares de pessoas que tiveram de se adaptar a novas rotinas. A realidade que se impôs foi home office, maior permanência em casa e circulação restrita. Os casos de violência doméstica aumentaram significativamente, tornando-se um fenômeno mundial. Em todo o Brasil, no primeiro semestre de 2019 foram registrados 636 feminicídios. No mesmo período de 2020, foram contabilizados 648 casos. No Rio Grande do Sul, o aumento foi de 24,4%: de 41, registrados entre janeiro e julho de 2019, para 51, em 2020. Os dados estão no mais recente Anuário Brasileiro de Segurança Pública, elaborado pela equipe de pesquisadores do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

 

Diante deste cenário, o CHC Santa Casa promove dia 19 de março, às 19h da próxima sexta-feira, a live Vida longa às mulheres: uma reflexão sobre o aumento da violência em tempos de pandemia. Participam da atividade a artista Deborah Finocchiaro, a advogada Maria Berenice Dias e a gerente de Gestão de Pessoas da Santa Casa, Viviane Furquim. As convidadas irão debater como a violência tem feito parte do universo feminino e situações de agressão que são compartilhadas por diversas mulheres em diferentes contextos. A atividade será transmitida no canal do YouTube do CHC Santa Casa (CHCSantaCasa).

 

A atividade integra o CHConecta, projeto virtual criado durante a pandemia, que leva às plataformas digitais uma programação cultural completa composta por espetáculos (teatro, dança e música), curiosidades históricas, atividades educativas, educação patrimonial, podcasts e playlists.

 

Sobre as participantes:

Maria Berenice Dias: advogada especializada em Direito das Famílias, Sucessões e Direito Homoafetivo, é vice-presidente nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família. Foi a primeira mulher na magistratura do Rio Grande do Sul, com longa trajetória de atuação com mulheres e famílias e a população LGBTI+.

 

Deborah Finocchiaro: multiartista, diretora, locutora, produtora, apresentadora, roteirista e ministrante. Recebeu diversos prêmios de melhor atuação, direção e roteiro, entre outros. Fundadora da Companhia de Solos & Bem Acompanhados. Durante a pandemia do coronavírus realizou, entre outros, o espetáculo audiovisual “Invisíveis - Histórias Para Acordar” (2020), a webserie “Confessionário Relatos de Casa” (2020) e o programa de rádio “Estação Confessionário”.

 

Viviane Furquim: gestora de Recursos Humanos com mais de 30 anos de experiência em diferentes setores: comércio, serviços, varejo e instituições financeiras. Com formação internacional, seu propósito é influenciar para que as pessoas possam ser mais felizes no trabalho. Atualmente atua na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

Data e Horário do Evento
Formulário de Contato