Covid-19: Capital inicia imunização com a vacina da Pfizer para grupos específicos

 

Covid-19: Capital inicia imunização com a vacina da Pfizer para grupos específicos

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) iniciou nesta terça-feira, 4, a vacinação contra Covid-19 com a vacina Comirnaty, da Pfizer. A prefeitura segue aplicando a Astrazeneca/Oxford em 32 unidades de saúde da Capital.

 

No turno da manhã, quando parte da primeira remessa de 32.760 doses da Pfizer foi recebida, o Núcleo de Imunizações começou a distribuição para as unidades para garantir o início da imunização. A partir de quarta-feira, 5, o horário de atendimento será das 8h às 17h.

 

As características de utilização da vacina da Pfizer motivam mudança na logística de armazenamento e de locais para aplicação. Os frascos vêm com conteúdo congelado. Após o descongelamento, o produto precisa ser diluído para administração, em até 120 horas (cinco dias). Cada frasco tem seis doses de vacinas.

 

A segunda metade, com 16.380 doses, será transferida, em ambiente refrigerado a -25ºC, para os ultrafrezers da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

 

O imunobiológico será utilizado para primeira dose dos grupos em andamento na campanha de vacinação, de acordo com o Plano Nacional de Vacinação e Resolução CIB estadual.

 

Quem pode receber a primeira dose da vacina da Pfizer:- Gestantes e puérperas (passaram há menos de 45 dias pelo parto) com alguma comorbidade, maiores de 18 anos
– Pessoas com deficiência permanente cadastradas no programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos
– Pessoas vivendo com HIV entre 55 e 59 anos
– Público em geral com 60 anos ou mais
– Pessoas com Síndrome de Down maiores de 18 anos
– Pessoas com comorbidades de 57-56 anos

 

Comprovação – Documento preferencial a ser apresentado é um laudo médico descrevendo o problema de saúde, com cópia, que será retida pelo serviço vacinador. Alguns agravos também podem ser comprovados com prescrição de medicamentos de uso contínuo, como hipertensão, diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica ou asma. Grávidas podem apresentar a caderneta da gestante, que inclui informações sobre comorbidades existentes. Síndrome de Down não necessita comprovação. Pessoas vivendo com HIV ou com Aids podem apresentar a guia de encaminhamento obtida em um serviço de saúde. Todas as pessoas devem apresentar documento de identificação e comprovante de residência.

 

Comorbidades listadas pelo Plano Nacional de Imunização:
– Diabetes
– Pneumopatias crônicas graves (ex.: asma)
– Hipertensão arterial *
– Doenças cardiovasculares (ex.: insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, síndromes coronarianas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas, dispositivos cardíacos implantados)
– Doença cerebrovascular (ex.: AVC)
– Doença renal crônica
– Imunossuprimidos (ex.: transplantados, pessoas com HIV, pacientes oncológicos)
– Hemoglobinopatias graves
– Obesidade mórbida
– Cirrose Hepática

 

Onde se vacinar:
Unidade de Saúde Assis Brasil – Avenida Assis Brasil, 6616 – Bairro Passo d´Areia
Unidade de Saúde Jardim Leopoldina – Rua Orlando Aita, 130 – Bairro Protásio Alves
Unidade de Saúde Parque dos Maias – Rua Francisco Galecki, 165 – Bairro Rubem Berta
Unidade de Saúde Barão de Bagé – Rua Araruama, 487 – Bairro Vila Jardim
Unidade de Saúde Rubem Berta – Rua Wolfram Metzler, 675 – Bairro Rubem Berta
Unidade de Saúde Sarandi – R. Francisco Pinto da Fontoura, 341 – Bairro Sarandi
Unidade de Saúde Passo das Pedras 1 – Av. Gomes de Carvalho, 510 – Bairro Passo das Pedras
Unidade de Saúde Belém Novo – Rua Florêncio Farias,195 – Bairro Belém Novo
Clínica da Família Álvaro Difini – Rua Alvaro Difini, 520 – Bairro Restinga
Unidade de Saúde Chácara da Fumaça – Estrada Martim Félix Berta, 2432 – Mario Quintana
Unidade de Saúde Morro Santana – Rua Marieta Menna Barreto, 210 – Bairro Protásio Alves
Unidade de Saúde Vila Jardim – Rua Nazareth, 570 – Bairro Bom Jesus
Unidade de Saúde Milta Rodrigues – Rua Comendador Eduardo Secco, 4 B Bairro – Jardim Carvalho
Unidade de Saúde Tristeza – Av. Wenceslau Escobar, 2442 – Bairro Tristeza
Unidade de Saúde Camaquã – Rua Professor Dr. Pitta Pinheiro Filho, 176 – Bairro Camaquã
Unidade de Saúde Moradas da Hípica – Rua Geraldo Tollens Linck, 235 – Bairro Aberta dos Morros
Unidade de Saúde Guarujá – Av. Guarujá, 190 – Bairro Guarujá
Unidade de Saúde Santa Marta – Rua Capitão Montanha, 27 – Bairro Centro Histórico
Unidade de Saúde Santa Cecília – Rua São Manoel, 543 – Bairro Santa Cecília
Unidade de Saúde Modelo – Av. Jerônimo de Ornelas, 55 – Bairro Santana
Clínica da Família IAPI – Rua Três de Abril, 90 – Área 8, 9, 10, 11, 16 – Bairro Passo da Areia
Unidade de Saúde Vila Ipiranga – Rua Alberto Silva, 1830 – Bairro Vila Ipiranga
Unidade de Saúde Bananeiras – Av. Coronel Aparício Borges, 2494 – Bairro Coronel Aparício Borges
Unidade de Saúde Panorama – Rua Rômulo da Silva Pinheiro, S/N – Lomba do Pinheiro
Unidade de Saúde São Carlos – Av. Bento Gonçalves, 6670 – Bairro Partenon
Unidade de Saúde Moab Caldas – Av. Moab Caldas, 400 – Bairro Santa Tereza
Unidade de Saúde Santo Alfredo – Rua Santo Alfredo, 37 – Bairro Partenon
Unidade de Saúde Glória – Av. Professor Oscar Pereira, 3229 – Bairro Glória (de segunda a sexta, vacinação ocorre na igreja próxima à unidade)
Unidade de Saúde Cristal – Rua Cruzeiro do Sul, 2702 – Bairro Santa Tereza
Unidade de Saúde Pintada – Av. Presidente Vargas, 394 – Bairro Arquipélago
Unidade de Saúde Diretor Pestana – Rua Dona Teodora, 1016 – Bairro Farrapos
Unidade de Saúde Navegantes – Av. Presidente Franklin Roosevelt, 5 – Bairro São Geraldo

 

Texto: Vanessa Conte
Edição: Elisandra Borba
Foto: Cristine Rochol/PMPA

Fonte: SMS – Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn